Como preparar chebureki tradicionais

Como preparar chebureki tradicionais

Confesso que hoje fui ao ginásio fazer uma leve corrida e senti-me demasiado “fit” para um domingo, cheio de neve e frio, em casa. E como já há alguns dias estava a pensar nos Chebureki, dei um jeito e, por acaso, tinha todos os ingredientes para da receita os fazer (que nem são muitos nem exigem nenhum grau de chef para os fazer). 🥟🍷

Para quem não sabe, Chebureki são uns pastéis de carne típicos da Europa de Leste. Provavelmente tiveram origem na Rússia, mas são apreciados em toda a Europa de Leste, Roménia, Ucrânia, Moldávia, Turquia…

Aquilo que precisei:
  • Farinha: 1kg
  • Água (faço sempre a olho mas penso que cerca de dois copos de água, recomendo que juntem aos poucos até a massa atingir o ponto perfeito)
  • Fermento: uso sempre aqueles que estão a venda no frigorífico, em embalagens quadradas (penso que são sempre quadrados), vem em pasta. E uso uma embalagem inteira porque é a quantidade indicada para 1kg de farinha, mas confiram o que diz na vossa embalagem.
  • Carne: 1kg (uso sempre de porco porque “originais” ou as que sempre comi eram de porco. Mas penso que com carne de vaca também fica delicioso, ou uma mistura).
  • Cebola: usei quatro médias (normalmente coloca-se metade da quantidade de carne. Portanto, 1kg de carne 500gr de cebola).
  • Sal
  • Pimenta
  • Óleo
-Preparação-

Começo por dissolver o fermento num copo de água e começo por juntar à farinha, para um quilo de farinha usei cerca de dois copos de água, mas fui sempre juntando aos poucos até a massa atingir o ponto. Quando terminei, tapei com um pano e deixei cerca de duas horas em repouso.

Algumas pessoas juntam manteiga à massa para ficar estaladiça, eu como acho que já são suficientemente gordos, por serem fritos em óleo, prefiro não juntar e fazer com massa fofa.

Truque: deixar a massa num sítio moderadamente quente. Perto de um aquecedor ou para quem tem fogão com placa de cerâmica (que é o meu caso), poderá aquecer na posição 1 ou 2 por uns minutos e após desligar e colocar a massa em cima. Não pode estar muito quente, o meu truque é colocar a mão e não pode queimar, têm que conseguir manter a mão em cima.

Para a preparação da carne, muito simples, piquei a carne em casa (apenas porque que consigo picar em pedaços relativamente maiores), não gosto que a carne pareça mastigada. Para quem não consegue picar em casa, no talho podem pedir que piquem apenas uma vez apenas e penso que é suficiente. A cebola, também piquei na máquina da carne, mas com um filtro mais pequeno, ficou mesmo mesmo picada. Mais uma vez, para quem não tem esta possibilidade, pode passar com a  varinha ou (eu prefiro) picar à mão, mas muito fino. Adicionar o sal e a pimenta, e está pronto o recheio! (Eu disse que era piece of cake!!!)

Agora é preciso dividir a massa em pequenas porções para embrulhar no recheio. Vejam como eu fiz, mas claro, têm várias formas de colar a massa. Os meus não ficaram muito bonitos, não sou artista em colar massas, mas estão super saborosos.

A parte péssima, é que são fritos em óleo. Eu não gosto muito desta ideia, por isso não os mergulho no óleo, ponho óleo suficiente na frigideira para os cobrir a metade os chebureki. Deixo alguns, minutos e viro. É essencial o óleo estar bem quente antes de colocarem na frigideira os pasteis. E quando tirarem não se esqueçam de os por num prato com um guardanapo para absorver parte da gordura.

Et voilá! Estão super deliciosos, mas só comi um (até agora). Dieta é dieta! :p

Digam-me o que acham e se tiverem dúvidas perguntem. Ou se quiserem saber alguma receita dos países de leste, também posso ajudar :p !!!

Beijinhos, V 😌


A qualidade das fotografias não é muito boa nem são muito instagrammable. Desculpem. Foram tiradas com o telemóvel 🤪

 

  1. A Massa

 

2. O recheio

 

3. Dividi a massa

 

4. Comecei a rechear

 

5. Não ficaram muito bonitos…

 

6. Quando falei que so coloquei óleo a metade da frigideira:

7. O resultado: feinhos mas bem bons ( e gordos ) 🤭

Leave a Reply

Your email address will not be published. Required fields are marked *